Juntos pela África

Os cristãos da África enfrentam uma das piores perseguições de sua história. Principalmente em alguns países da África Subsaariana: Eritreia, Etiópia, Mali, Níger, Nigéria, Quênia, República Centro-Africana, Somália, Sudão e Tanzânia.

Neste DIP, juntos faremos mais pelos nossos irmãos dessa região. 

O continente africano tem enfrentado levantes violentos contra cristãos nos últimos anos. A militância islâmica radical na África é parte de uma corrente ideológica global. A longo dos últimos anos, grupos inspirados no Estado Islâmico (EI) invadiram várias vilas e aldeias de cristãos que foram hostilizados, mas não negaram sua fé. Esses grupos radicais sustentam a mesma ideologia e prática do EI e, em sua maioria, já declararam fidelidade ao Estado Islâmico. 

Uma das prioridades da Portas Abertas é preparar a igreja africana para a onda de perseguição extremista que está por vir. O Oriente Médio não é o único lugar hostilizado por extremistas. Homens e mulheres são convertidos à força ao islã, comunidades inteiras são desalojadas e igrejas são destruídas. A pressão sobre os cristãos é muito grande, mas eles permanecem firmes. 

“Com isso todos saberão que vocês são meus discípulos, se vocês se amarem uns aos outros.” João 13.35.

 

Tema do DIP 2017

 

Últimas Notícias